Caixa eletrônico

O cliente de uma agência bancária de Guarapari deverá receber indenização de R$ 5 mil por danos morais. A reparação é por conta da falha nos serviços prestados pela instituição, uma vez que, mesmo tendo realizado todos os procedimentos para a efetuação de um saque no valor de R$ 1 mil, o requerente não recebeu o dinheiro que, mesmo assim, foi descontado em sua conta. A decisão é da juíza da 3ª Vara Cível do Município, Terezinha Lordello Lé.

Veja mais

Combustível adulterado

A 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis da Comarca de Rio Branco, no Acre, manteve a sentença proferida pelo Juízo de 1º Grau que condenou posto de combustíveis no município de Sena Madureira a pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 3 mil, e danos materiais em função do veículo do apelado ter apresentado problemas no funcionamento após abastecimento na empresa apelante, devido ao combustível que teria sofrido alteração por causa de infiltração de água.

Veja mais

Medo da justiça

Do ex-presidente da Ajufe e hoje desembargador federal, Nino Toldo em sua página no Facebook: “Lamentavelmente, a Câmara dos Deputados nos envergonhou.
Na calada da noite, deputados mal intencionados, aproveitando-se do luto dos brasileiros pela tragédia com o time da Chapecoense, desfiguraram o projeto das dez medidas contra a corrupção e aprovaram texto prevendo a punição a promotores e juízes, querendo, com isso, intimidar o Ministério Público e a Magistratura.

Veja mais

Criminalização do aborto

Por maioria, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal entendeu, nos termos do voto do Min. Luís Roberto Barroso, que a criminalização do aborto no primeiro trimestre da gestação viola diversos direitos fundamentais das mulheres – como a autonomia, a integridade física e psíquica, a igualdade de gênero e os direitos sexuais e reprodutivos –, bem como o princípio da proporcionalidade.

Veja mais