A quase advogada Gloria Perez

Uma das mais importantes autoras de novelas do país, a acreana Gloria Maria Ferrante Perez, de 68 anos, é filha do ministro Miguel Ferrante – já falecido – do Superior Tribunal de Justiça. Mãe da atriz Daniella Perez, brutalmente assassinada em dezembro de 1992 pelo então ator da Tv Globo Guilherme de Pádua, Glória Perez tinha 15 anos quando a família trocou Rio Branco por Brasília.

Veja mais

Roubalheira na ECT

A roubalheira nos Correios parece não ter fim. Depois de um grupo criminoso desviar bilhões do Postalis, o fundo de pensão dos carteiros, descobriu-se corrupção também no plano de saúde da empresa. A Justiça Federal condenou Marcos da Silva Esteves, ex-gerente de saúde dos Correios, e outros três funcionários da estatal, por peculato em um esquema de fraude que desviou mais de R$ 7 milhões.

Veja mais

Documentos secretos

Após meio século de sigilo, o Arquivo Público do Distrito Federal (ArPDF) permitiu consultas ao acervo da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). São quase 100 caixas de documentos com informações de 1963 a 1990, guardadas há mais de 50 anos. Muitos contêm o carimbo “Confidencial” e os timbres de diversos órgãos de repressão, incluindo o temido DOI-CODI. São registros das operações realizadas por agentes do regime comandado por generais, até então mantidos sob sigilo.

Veja mais

Todos, menos um

Todos os segmentos da justiça brasileira – exceto a Justiça Federal – estão representados na atual composição do Supremo Tribunal Federal (STF). A classe dos advogados é que tem o maior número de ministros: Carmen Lúcia, Luis Roberto Barroso e Luiz Fachin.

Veja mais