Direito Global
blog

Um nordestino no STF

José Paulo pode ir para o STF (Foto:arquivo)

Com a aposentadoria no início de novembro do atual presidente do STF, o sergipano de Propriá, Carlos Ayres Britto, a região nordeste ficará sem nenhum representante na mais alta Corte de justiça do país, o Supremo Tribunal Federal. Um dos nomes mais cotados para assumir a vaga de Britto é do jurista pernambucano José Paulo Cavalcanti Filho, recentemente nomeado por Dilma Roussef para integrar a Comissão da Verdade. Zé Paulo, como é chamado pelos amigos mais próximos, está com 64 anos e se não for escolhido agora dificilmente poderá ocupar uma vaga no STF. Motivo: o jurista nasceu em 21 de maio de 1948, ou seja, no próximo ano completa 65 anos e, constitucionalmente, não poderá ser indicado para o Supremo em virtude da idade-limite de 65 para ingressar no tribunal.

clica