Direito Global
blog

Crime no Arruda

Após mais de 12 horas de julgamento, os acusados de matar um torcedor e ferir outros três ao jogar vasos sanitários da arquibancada do estádio do Arruda, em Recife, após um jogo em maio do ano passado, foram condenados a mais de 20 anos de prisão. Os acusados foram condnados por homicídio consumado pela morte de Paulo Ricardo Gomes da Silva, 26 e três tentativas de homicídios contra outros torcedores feridos por estilhaços. A maior pena foi para Everton Filipe Santiago Santana, condenado a 28 anos e nove meses. Luiz Cabral de Araújo Neto pegou 25 anos, sete meses e 15 dias e Waldir Pessoa Júnior foi condenado a 22 anos e seis meses de reclusão

clica