Direito Global
blog

Vítimas de microcenfalia

O presidente da OAB de Sergipe (OAB-SE) Henri Clay Andrade irá denunciar ao Ministério da Saúde a precariedade na assistência às vítimas de microcefalia, a falta de identificação das respectivas famílias e as origens socioeconômicas dos pacientes no estado. Os problemas foram detectados durante audiência pública realizada pela Seccional da OAB , a primeira em todo o país a levantar este tipo de problema.

A advogada Glícia Salmeron, presidente da Comissão da Infância, Adolescência e Juventude da OAB-SE afirmou que há uma grande lacuna no Estado quanto à prevenção à doença “Estas crianças e as famílias são vítimas da ausência de políticas públicas, com muitas falhas na prestação dos serviços quanto à prevenção”, disse Salmeron.

Ao encerrar a audiência pública, Henry Clay afirmou que a OAB-SE conseguiu aglutinar entidades da sociedade civil, instituições e profissionais gabaritados no evento inédito. Segundo ele, a OAB tem todas as condições de produzir um documento qualificado que venha apresentar propostas factíveis para solucionar este grave problema social”.

clica