Direito Global
blog

Pai Presente

No próximo dia 6 de julho, o Tribunal de Justiça da Bahia realiza mais um mutirão do Projeto Pai Presente, com o objetivo de estimular o reconhecimento de paternidade de pessoas sem esse registro.

Será a 38ª realização de abertura dos exames de DNA para possível reconhecimento espontâneo de paternidade, marcada das 8 às 12 horas, no Núcleo de Conciliação, no Fórum das Famílias, no bairro de Nazaré, em Salvador.

Este ano, o Projeto Pai Presente, fomentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já promoveu a realização de 103 exames de DNA na Bahia, que permitiram o reconhecimento de paternidade em 39 casos.

clica