Direito Global
blog

Pelotense mata esposa

Após 13 anos de trâmite do processo, Walnir Treichel foi condenado a 17 anos de prisão em regime fechado pelo crime de homicídio duplamente qualificado. Conforme a denúncia do MP, o réu mandou matar a ex-esposa, Gleci Treichel, à época com 47 anos. “Ele não aceitava a separação e não suportava a ideia de Gleci ser uma mulher livre e independente”, sustentou o Promotor de Justiça José Olavo dos Passos no plenário do júri. Ele poderá recorrer em liberdade.

Em 23 de abril de 2003, Gleci levou o pai a uma consulta médica no centro da cidade e foi sequestrada por dois homens. Horas depois, o corpo foi encontrado no Passo dos Carros, interior de Capão do Leão, com um tiro na cabeça. No dia 9 de maio daquele ano, foi decretada a prisão de Walnir Treicher, apontado como mandante do crime. Em agosto, foram presos Milton Funari, (apontado como o homem que contratou os acusados de sequestrar e executar Gleci) e os irmãos Ilson e Leonardo Oliveira. Segundo o MP, eles teriam recebido R$ 60 mil cada um para cometer o crime.

clica