Direito Global
blog

Reforma ampla

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso fez, hoje (13), palestra na qual apresentou uma agenda com dez questões que devem ser encaminhadas para reformas no País. No topo da lista, o ministro defendeu a necessidade de uma reforma política ampla e o combate da corrupção, sem citar, porém, nomes de empresas ou pessoas envolvidas em escândalos recentes.

A reforma política, conforme sugeriu Barroso, deve ser baseada em três pilares fundamentais: baratear o custo das eleições, incrementar a legitimidade da democracia e reduzir o número de partidos. “Há uma necessidade imperativa de acabar com a multiplicação de partidos que vivem como legendas de aluguel, unicamente parra arrecadar recursos do fundo partidário e vender seu tempo de rádio e TV”, afirmou o ministro em palestra destinada a empresários no Congresso da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

clica