Direito Global
blog

Reforma política

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, dá como certa uma reforma política depois das eleições deste ano. O ministro também já sinalizou que vai defender a cláusula de barreira, um dispositivo que impõe limites aos partidos políticos que podem acessar os recursos do fundo partidário. O ministro chamou de experiência institucional as eleições municipais que estão colocando em prática a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proíbe a doação de empresas para campanhas políticas.

clica