Direito Global
blog Sem categoria

Brigões na cadeia

Os 31 torcedores corintianos detidos durante a briga no Maracanã continuarão presos depois que a juíza Marcela Caran decretou a prisão preventiva em audiência de custódia hoje (25), no Tribunal de Justiça no Rio de Janeiro.

Presos em flagrante após o jogo do Maracanã no último domingo, os integrantes do grupo foram enquadrados por crimes de lesão corporal – confirmada por um laudo positivado nos PMs -, dano qualificado, provocar tumulto em locais de jogos, resistência qualificada e associação criminosa.

clica