Direito Global
blog

Se a moda pega …

O Tribunal Popular Supremo da China e os Promotores Estaduais instituíram uma lei que dá à pena de morte para os líderes corruptos que paguem ou recebam subornos superiores à US$ 463. 000 mil dólares. Para valores inferiores as sanções são diferentes. No caso dos acusadores confessarem os crimes ou devolverem o dinheiro desviado, a pena de morte será suspensa. Isso significa uma comutação à prisão perpétua, o que é habitual nos casos de corrupção no país. A lei prevê, ainda, que os colegas ou subordinados podem ser julgados por complexidade se não denunciarem a corrupção. Mesmo, inclusive, se os envolvidos forem parte de sua família.

clica