Direito Global
blog

A derrota de Guga

O ex-tenista Gustavo Kuerten, perdeu hoje (23) recurso que havia impetrado no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) em processo no qual é acusado de ter recebido valores referentes a contratos de direito de imagem por meio de uma empresa, e não como pessoa física.

Há uma diferença na questão das alíquotas que incidem nos dois casos. Guga classificou a decisão como “lamentável” e “incoerente”. Com isso, esgotam-se as possibilidades de recurso na esfera administrativa e ele pode ser obrigado a pagar cerca de R$ 7 milhões em multa. Porém, o catarinense pode recorrer à Justiça –a decisão foi tomada pela instância máxima do Carf, a Câmara Superior.(Folha)

clica