Direito Global
blog

Vingança de policiais

O advogado Walmir Oliveira da Cunha, de 37 anos, que perdeu três dedos ao receber uma bomba que explodiu em seu escritório, em julho deste ano, em Goiânia, falou hoje (28) sobre a prisão de dois policiais federais aposentados, apontados como os autores do atentado. Segundo ele, a motivação foi uma ação familiar envolvendo a guarda da neta de um dos suspeitos.

Os suspeitos, os policiais federais aposentados Ovídio e Valdinho Rodrigues Chaveiro, que são irmãos, foram presos pela Polícia Civil ontem (27). Segundo a corporação, além dos dois mandados de prisão temporária contra eles, também foram cumpridos sete de busca e apreensão e três de condução coercitiva.

O delegado Valdemir Pereira da Silva, responsável pelo caso na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), também afirmou que a suspeita é que o crime tenha sido motivado por uma ação familiar ganha pelo advogado. (G1)

clica