Direito Global
blog

Os quatro meses de Cármen

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha completa amanhã (12) quatro meses de gestão à frente do mais importante tribunal do país. Mineira de Montes Claros, 62 anos, Cármen Lúcia é a segunda mulher a presidir o Supremo. Anteriormente, o tribunal foi dirigido pela carioca Ellen Gracie. Além do STF, Cármen Lúcia foi presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) onde, ao contrário do STF, foi a primeira mulher a comandar o tribunal. Está no Supremo, nomeada pelo ex-presidente Lula, desde 21 de junho de 2006.

Cármen é Bacharel em Direito pela Faculdade Mineira de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1977) e Mestre (1982) em Direito Constitucional pela Universidade Federal de Minas Gerais. Desde 1983 é professora titular de direito constitucional na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, além de coordenadora do Núcleo de Direito Constitucional.

Exerceu o cargo de procuradora do estado de Minas Gerais de 1983 até 2006, sendo procuradora-geral do estado durante o mandato do então governador Itamar Franco. É membro efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros, tendo sido diretora da revista desta instituição, além de ter sido membro da Comissão de Estudos Constitucionais do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil de 1994 a 2006.

clica