Direito Global
blog

Torcedores do Timão

O titular do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos, Marcelo Rubiolli, determinou hoje (17) a substituição da prisão preventiva de torcedores do Corinthians por medidas cautelares de restrição. O grupo foi preso após um tumulto no estádio do Maracanã, no dia 23 de outubro do ano passado, antes da partida contra o Flamengo. Na ocasião, policiais militares que faziam a segurança no estádio ficaram feridos. Ao todo, são réus no processo 30 corintianos. Eles cumprem prisão preventiva no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio de Janeiro. O juiz Marcelo Rubiolli determinou também a expedição dos alvarás de soltura e pediu agendamento da audiência de instrução e julgamento à Central de Assessoramento Criminal.

clica