Direito Global
blog

Cadastro de adoção

O novo Cadastro Nacional de Adoção (CNA), coordenado pela Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), está em fase de elaboração. O cadastro a ser implantado permitirá os pretendentes à adoção a terem uma busca mais rápida e ampla de crianças que estão aptas para serem adotadas. Além disso, uma outra característica do sistema é fazer a atualização automática dos dados.

No novo CNA, se o pretendente restringiu a idade para até três anos, uma criança de 4 anos terá seu perfil apresentado. Os irmãos da criança também estarão vinculados ao seu cadastro e, caso o juiz entenda por dividi-los em grupos para facilitar a adoção, será possível buscar pretendentes considerando esta nova condição.

A previsão é que até o final deste ano, o novo CNA entre na fase de testes em alguns estados, e que até o primeiro semestre de 2018 esteja operando para as Varas de Infância e Juventude de todo o país.

clica