Direito Global
blog

Calma, tranquilidade e paz

Deu no Antagonista: Roberto Veloso, presidente da Ajufe, à Rádio Gaúcha: As ameaças estão sendo públicas, não estão sendo veladas. Temos assistido a vídeos com ameaças públicas de que serão depredados prédios públicos, que irão tomar de assalto as dependências do tribunal, que irão fazer e acontecer, até de atear fogo nós ouvimos.”

Ele pediu “calma, tranquilidade e paz”. “É lógico que é livre a manifestação do pensamento. As pessoas podem até se reunir nesse dia, mas pacificamente. Não com o intuito de causar confusão, baderna. Isso não faz parte do jogo democrático. Pedimos encarecidamente àqueles que organizam movimentos que o façam dentro da ordem, da lei.”

clica