Direito Global
blog

Major na cadeia

A assessoria da Polícia Militar informou hoje (26) que o major João Alexandre Assad, cardiologista do Hospital Central da Polícia Militar no bairro do Estácio, região central do Rio, foi preso na última sexta-feira (23) em decorrência do Inquérito Policial Militar (IPM), instaurado em 2015, que apura irregularidades cometidas na administração do Fundo de Saúde da Polícia Militar (Fuspom).

O oficial foi denunciado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio (MPRJ), por cobrar propina de empresários para direcionar contratos de fornecimento de stents (pequena prótese cilíndrica de malha de metal, usada para evitar obstrução de um vaso sanguíneo) para a unidade de saúde.

clica