Direito Global
blog

Prisão na Espanha

O presidente em exercício do Superior Tribunal Militar, ministro José Barroso Filho, não Admitiu pedido de habeas corpus impetrado pelo advogado do 2° sargento da Força Aérea Brasileira preso na Espanha.

No pedido, o advogado relata que não teve acesso nem ao número do Inquérito Policial Militar (IPM), nem ao autos do processo.

Para o magistrado do STM, não se verifica constragimento ilegal ventilado pela defesa.

O ministro argumentou que nos documentos anexados ao HC não consta requerimento à 2ª Auditoria de Brasília para acesso aos autos

A investigação prossegue nos prazos e na forma legal.

clica