Direito Global
blog

Filho de Ayres Britto garante impeachment de prefeito

Um voto consistente do juiz Marcel Ayres Britto – filho do ex-presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto – que estava substituindo um desembargador no Tribunal de Justiça de Sergipe, manteve o impeachment do então prefeito de Canindé de São Francisco (SE), o farmacêutico Ednaldo Vieira Barros, mais conhecido como Ednaldo da Farmácia.

Por 10 × 0, os vereadores de Canindé de São Francisco aprovaram, no final de setembro último, o impeachment do prefeito de Canindé de São Francisco, Ednaldo da Farmácia. Em suma, segundo os vereadores, Farmácia , entre outras “receitas” prescreveu para a sua própria administração, incluíram-se: descuido, desmazelo, incompetência, preguiça, desonestidade, ausência de rumos.

Quando houve o processo de impeachment Farmácia tentou impedir a votação final e recorreu à Justiça. O então juiz substituto de Canindé, Ícaro Tavares de Oliveira Bezerra, fez uma consistente peça na qual refutou as alegações da defesa e retratou, com precisão, os motivos do impeachment e a sua legalidade. Inconformado, voltou o prefeito a demandar, e ingressou com um recurso no Tribunal de Justiça.O filho do ministro Ayres Britto emitiu a sentença final, corroborando ainda com argumentos mais fortes a decisão de primeira instancia e o impeachment foi concluído.

Segundo advogados sergipanos, o Marcel Ayres Britto “é um juiz muito discreto, simples e competente. Nunca usou ou sequer se apresenta como filho do ministro aposentado do STF. Nem mesmo usou deste artifício nos tempos áureos quando o pai era presidente do Supremo.Seu perfil é de linha dura nos julgamentos”.

Para substituir interinamente o prefeito afastado por corrupção, até que ocorram as eleições, que o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe defina se diretas ou indiretas, assumiu o presidente da Câmara Weldo Mariano.

No dia seguinte, Mariano exonerou contratados e comissionados, suspendeu o pagamento de funcionários ausentes ao trabalho, fez um levantamento das contas e verificou que o prefeito deixara acumulada uma divida de 15 milhões, na sua maioria com pagamentos de salários atrasados, variando de dois a quatro meses; adotou imediatas providencias para renegociar os precatórios, e impedir o sequestro do FPM, feito todos os meses pelo INSS. A dívida com o Instituto acumulada por vários prefeitos anteriores ultrapassa hoje a enormidade de cento e cinquenta milhões de reais.

Canindé

Canindé de São Francisco é um município brasileiro no extremo noroeste do estado de Sergipe que dista 213 kms da capital Aracaju e serve de portal de entrada para passeios turísticos nos cânions do rio São Francisco. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 29 430 habitantes.

O município foi palco de muitas cenas da minissérie Amores Roubados e da novela Cordel Encantado, ambas exibidas na Rede Globo. Mas a localidade tornou-se massivamente conhecida ao servir de cenário e caracterizar ambientação-base do enredo da telenovela Velho Chico, também exibida pela Globo.

A cidade que tem uma prainha famosa, com intuito de atender a crescente demanda turística, no ano de 2016 a localidade passou a contar com a Orla Salomão Porfírio Britto para a comodidade tanto de seus habitantes locais como também para a apreciação da vista do emblemático Rio São Francisco como presente aos seus visitantes.

A cidade serve como base e possui infraestrutura turística para passeios no chamado Monumento Natural do Rio São Francisco, onde se situam os famosos cânions e conta com visitações guiadas para a Usina Hidrelétrica de Xingó como também é nessa localidade que se situa o chamado MAX- Museu de Arqueologia de Xingó.

clica