Direito Global
blog

O triste fim do hotel Tropical

Moradores e frequentadores da área do Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, onde fica localizado o hotel Tropical de Manaus, denunciam a falta de segurança e práticas ilícitas no estacionamento do Resort Hotel Tropical, fechado em maio deste ano por conta de dívidas. Só para a Amazonas Energia S/A o hotel deve R$ 8 milhões.

O hotel Tropical mantinha um zoológico particular para entreter os turistas com 230 animais entre araras, tartarugas, macacos e até uma onça. Com o fechamento, agora esses animais estão sendo mantidos com dificuldade por voluntários e seu destino é incerto. Segundo relatos, o local tem servido para entrada de menores para consumo de drogas e bebidas alcoólicas, aliciamento e até prostituição.

Os denunciantes expressaram preocupação com a falta de segurança do local, que se encontra abandonado e representa risco aos frequentadores da área, moradores e hóspedes do Tropical Executive, que fica ao lado do resort fechado. No local, ainda funciona um estacionamento privativo, com cancela e cobrança de vagas.

De acordo com empresário Leocadio Lopes, usuários de drogas estão se aproveitando da falta de segurança do local e fazendo uso da área. “O resort tinha a segurança, que impedia essas coisas acontecerem, mas, desde que fechou, a área está abandonada”, disse.

A diretoria do Tropical Executive informou que está acionando os órgãos públicos municipais e estaduais para formalizar denúncia e que tomará as devidas providências para coibir essas práticas nas proximidades do hotel. Em nota, a empresa SN Park Service, legalizada para administrar dentre seus 14 empreendimentos, o estacionamento do Hotel Tropical Manaus, afirmou que, apesar de lamentavelmente o referido hotel ter paralisado suas operações, a empresa permanece com o mesmo contigente, operando 24 horas diariamente, provendo a mesma segurança aos seus mais de 6.000 veículos mensais que visitam este espaço.

Ainda conforme a nota, nenhum órgão de segurança publica registrou sequer uma ocorrência de trafico, assalto, aliciamento ou prostituição na área do estacionamento, diferentemente de empreendimentos em pleno funcionamento cujas operações policiais viraram corriqueiras.

“Tranquilizamos aqueles que apreciam o verdadeiro Tropical Hotel de Manaus, para que possam desfrutar de momentos de paz e sossego, com a belíssima área do nosso estacionamento”, finaliza a nota.

clica