Direito Global
blog

Teste de fidelidade

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Cerejeiras, em Rondônia, composto por 5 homes e duas mulheres, presidido pela juíza Ligiane Zigiotto Bender, condenou Ismael José da Silva sob a acusação de ter matado, após teste de fidelidade, a adolescente Jéssica Moreira Hernandes com várias facadas. A dosimetria da pena aplicada pela juíza Ligiane Zigiotto ao réu foi de 14 anos de reclusão, em regime fechado.

Segundo a sentença condenatória, durante o julgamento os jurados reconheceram que o réu cometeu o crime de homicídio com a agravante de recurso que dificultou a defesa da vítima; e “negaram (rejeitaram) as qualificadoras do motivo torpe, meio cruel e de feminicídio”, assim como o absolveram da “autoria quanto ao crime de ocultação de cadáver”.

clica