Direito Global
blog

Menor matou advogado

Dois criminosos envolvidos na morte do advogado Levi Borges de Lima foram presos, neste sábado (11), pela Polícia Civil de Pernambuco, em Recife-PE. O atirador foi apreendido primeiro. Ele é menor de idade. O outro comparsa, que estaria no interior do veículo que deu fuga, foi preso numa padaria, em Boa Viagem.

De acordo com informações preliminares, os criminosos relataram à Polícia Civil que estavam em busca de uma “Pajero Branca Top”, um veículo modelo SUV, parecido com o do advogado paraibano, um Toyota SW4 SRV, de cor branca. O carro teria sido uma encomenda para ser repassado a um traficante local.

O advogado Levi Borges Lima, 72 anos, foi morto a tiros na última quinta-feira em frente a um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho. O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. As câmeras do condomínio apontam que o advogado chegava ao local no próprio carro, ao lado da esposa, quando foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo.

Nesse momento, o criminoso atirou e ele caiu em frente ao portão de visitantes. O assassino teria tentado entrar no veículo, mas percebeu que havia outra pessoa dentro do carro, voltou e disparou novamente no advogado, que tinha acabado de levantar do chão. Em seguida, entra em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando por ele.

A vítima foi levada com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, onde morreu. O carro de Levi Borges, um Toyota SW4 SRV branco com placa da Paraíba, está na frente do condomínio Morada da Península. A mala do carro está aberta e tem manchas de sangue na lataria do veículo.

clica