Direito Global
blog

Peduzzi e os Desafios do Direito do Trabalho

A presidente do TST, ministra Maria Cristina Peduzzi, é a convidada do webinar “Desafios do Direito do Trabalho”, que será realizado pela Revista Justiça & Cidadania, com apoio da Qualicorp e da Associação dos Magistrados Brasileiros. Haverá transmissão ao vivo na próxima terça-feira (9), a partir das 16 horas.

Vão participar ainda o professor Nelson Mannrich (USP), o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Lincoln Ferreira e do vice-presidente da Qualicorp, Pablo Meneses. Os interessados podem acessar o site da Revista Justiça e Cidadania (https://www.editorajc.com.br/webinar/) ou o Canal de Youtube da Revista :https://bit.ly/30bWkSm

A Revista Justiça & Cidadania, um dos principais veículos da área jurídica, acaba de completar 21 anos. A primeira edição foi publicada em maio de 1999, em um período conturbado para o Poder Judiciário. Foi nesse ano que o Senado Federal instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar suspeitas de irregularidades nos tribunais.

O saudoso jornalista Orpheu dos Santos Salles, fundador da Revista, lembrou antes de falecer, em agosto de 2016, aos 95 anos, que na época a legalidade da CPI foi muito questionada pela sociedade em geral, o que o motivou a criar uma publicação para expor o ponto de vista dos membros do Poder Judiciário.

Orpheu Salles orgulhava-se do trabalho que seu sucessor, o editor-executivo da Revista Justiça & Cidadania, Tiago Salles. “É com a confiante esperança de manter indeléveis as mesmas intenções adotadas que nos propomos a continuar na mesma trincheira, defendendo normas éticas, morais, dignas e exemplares”, afirmou.

O jornalista Orpheu dos Santos Salles, ex-diretor administrativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) era o sócio mais antigo da instituição e último servidor vivo do primeiro Governo Vargas (1937-1945). Criador do Prêmio Dom Quixote e editor da revista Justiça e Cidadania, era um profissional muito querido no Judiciário de todo o país, principalmente no STF e nos tribunais superiores.

clica