Direito Global
blog

Uma família de tradição jurídica

Do advogado Omar Coêlho e ex-presidente da OAB de Alagoas (OAB-AL) sobre o Dia do Advogado:

Venho de uma família com tradição jurídica, sou filho e neto de advogados e magistrados, mas minha fascinação foi pela advocacia, tanto a pública quanto à privada.

Após 37 anos de formado, 59 de idade, tendo exercido a advocacia de balcão e de gabinete, a presidência de diversas entidades, inclusive, da Associação Nacional dos Procuradores de Estado e do Distrito Federal (ANAPE), por três oportunidades, e a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Alagoas, por duas vezes, além dos Colégios Nacionais dos Procuradores Gerais dos Estados e dos Presidentes Seccionais das OABs, sou testemunha da proletarização da advocacia que teve início no governo FHC e ampliada nos de Lula e Dilma, com a proliferação desmedida de faculdades sem o menor rigor acadêmico. E hoje, vivemos o caos com a nossa OAB irresponsavelmente politizada, maculando sua história, por capricho político de seu presidente e omissão de seu Conselho, que não percebem os prejuízos que estão trazendo à classe.

Apesar disto, tais acontecimentos, nunca me tiraram o orgulho de ser advogado, pois me espelho em meu pai, Marcos Bernardes de Mello, que com seus 85 anos, com quase 63 de advocacia continua advogando, ensinando e fazendo ciência, em suas obras Teoria do Fato Juridico e seus planos: Existência, Validade e Eficácia, além das lives que são vistas por mais de mil advogados semanalmente.

Hoje e sempre, continuo sentido a necessidade de lutar para resgatar aquilo que estamos perdemos. Não é possível continuarmos complacentes com essa deteriorização da advocacia. Fortalecer o Exame de Ordem e controlar a qualidade do ensino jurídico no país, são missões que devemos atuar e chamar as OABs para a lide, sob o risco de perdermos por completo a respeitabilidade, sem perder a defesa intransigente da cidadania de forma apartidária e altaneira.

Não nos esqueçamos de que somos essenciais à justiça e nosso objetivo é de realizá-la, de forma célere e justa.
Portanto, neste nosso dia, rendo todas as homenagens aos advogados e advogadas que exercem com denodo o seu mister. Gostem ou não, é na advocacia que encontramos o verdadeiro equilíbrio para que realizemos a verdadeira Justiça

clica