Direito Global
blog

Vamos fingir

O diretor de Relações Institucionais do MATI – Movimento da Advocacia Trabalhista Independente e procurador do Sindicato dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro, Nicola Manna Piraino, retuitou hoje (7) mensagem da juíza de Direito do Rio de Janeiro, Andrea Pachá:
” Vamos fingir que a pandemia acabou. Vamos fingir que perdemos 125 mil pessoas. Vamos fingir que a democracia formal resolve nossos problemas.Vamos fingir que somos humanos”.
A juíza e escritora Andrea Pachá nasceu em Petrópolis em 4 de janeiro de 1964. Formou-se em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Como membro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), criou o Cadastro Nacional de Adoção e a Comissão de Conciliação e Acesso à Justiça, além de atuar na implantação das Varas de Violência contra a Mulher em todo o Brasil.
Também promoveu campanhas para simplificar a linguagem utilizada nos processos, combatendo o “juridiquês”. Pela sua atuação no CNJ, recebeu em 2010 o Diploma Bertha Lutz. Em 2012, lançou o livro A vida não é justa − Amores e outros conflitos reais segundo uma juíza (Editora Agir), em que reuniu casos coletados ao longo de mais de 15 anos em varas de família
Em 2013, tornou-se ouvidora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Segredo de Justiça – Disputas, Amores e Desejos Nos Processos de Família Narrados Com Emoção e Delicadeza por uma Juíza em 2014. Em 2018 lançou Velhos são os outros pela Editora Intrínseca.

clica