Direito Global
blog

O Flamengo sabia

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro vê a troca de e-mails do Flamengo como “prova inconteste da responsabilidade do clube” e indica que os documentos “serão anexados à ação coletiva” que, juntamente ao Ministério Público do Rio de Janeiro, move contra o Rubro-Negro.

Ainda de acordo com nota da Defensoria Pública do Rio de Janeiro enviada ao UOL Esporte, as correspondências indicam que os dirigentes “sabiam do risco de vida a que estavam submetendo os adolescentes que ali dormiam, e nada fizeram para evitar a morte de 10 jovens”.

clica