Direito Global
Sem categoria

“Duvido que repita a dose com Marco Aurélio”

Nos bastidores do Supremo a indicação pelo presidente Jair Bolsonaro do desembargador Kassio Nunes Marques, do TRF1, antes da saída do atual decano do STF, ministro Celso de Mello, causou muito desconforme em alguns dos membros da Corte. Celso se despede oficialmente do Supremo, onde permaneceu durante 31 anos, no próximo dia 13.

Um dos ministros comentou: em julho do ano que vem será a vez do ministro Marco Aurélio se despedir da toga em virtude de atingir a idade de 75 anos, máximo permitido pela Constituição para permanência no serviço ativo. Duvido – disse – que o presidente Bolsonaro repita a dose com o Marco Aurélio, ou seja, anuncie oficialmente o seu substituto antes da sua saída oficial do STF. Conheço Marco Aurélio de longa data. Se Bolsonaro fizer isso, Marco Aurélio arrasa com ele, disse um dos integrantes do Supremo.

clica