Direito Global
blog

Corrupção em todo lugar

A Vara Criminal da Comarca de Brasiléia (AC) condenou nove envolvidos em esquema de corrupção realizado em quatro cidades no interior do Acre. Ex-prefeitos, secretários municipais, vereadores e empresários foram sentenciados a penas que somam mais de 49 anos de reclusão. Entre os crimes cometidos estão: fraude em licitação, corrupção ativa e passiva, participar e liderar organização criminosa.

Os crimes foram cometidos entre os anos de 2013 e 2014, nos municípios de Bujari, Plácido de Castro, Santa Rosa do Purus e Brasiléia. O esquema iniciou com uma fraude na licitação de Plácido de Castro, onde a empresa participante do conchavo foi contratada e outras prefeituras passaram a aderir esta licitação, se envolvendo nos crimes que eram o superfaturamento das notas dos serviços e rateio do dinheiro obtido ilegalmente entre os denunciados.

O caso foi investigado e denunciado pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que contou com delações de envolvidos. Os outros prefeitos participantes tiveram seus processos desmembrados e enviados para as comarcas das respectivas prefeituras.

Então, após toda a instrução processual, o juiz de Direito Clovis Lodi, titular da Vara Criminal da Comarca de Brasiléia, emitiu a sentença, publicada na edição n.°6.671 do Diário da Justiça Eletrônico, da terça-feira, 6. No documento condenatório com 198 páginas, é especificado qual foi a participação dos envolvidos.

clica