Direito Global
blog

Os mil gols de Pelé

Há exatos 51 anos, no dia 19 de novembro de 1969, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, escrevia mais um belo capítulo de sua história. Na partida contra o Vasco ( dos meus amigos Reginaldo de Castro, Cezar Britto, Ophir Cavalcante, Sergio Batalha, Wadih Damous, Danilo Venturini, Antonio Carlos Dantas Ribeiro etc …, no Maracanã, o Rei do Futebol venceu o goleiro Andrada em cobrança de pênalti, garantiu a vitória do Santos por 2 a 1 e marcou aquele que é festejado como milésimo gol de sua carreira.

Na ocasião, o Rio de Janeiro já vivia a expectativa por mais um feito do então bicampeão mundial. Nem mesmo as chuvas que atingiram a cidade naquele dia impediram que 65.157 pessoas fossem ao templo do futebol brasileiro assistir a um jogo que não valia maiores alterações na tabela de classificação da Taça Roberto Gomes Pedrosa.

Mais do que a partida em si, os presentes foram ver e homenagear Pelé, tanto é que antes de a bola rolar um dos vestiários recebeu uma placa em referência à pintura feita pelo Rei diante do Fluminense em 1961, feito que serviu de inspiração para a criação do termo “gol de placa”.

clica