Direito Global
blog

Corrupção no Sindicato

A Polícia Civil de São Paulo investiga um esquema de recebimento de propina no Sindicato dos Motoristas de São Paulo (Sindmotoristas). Segundo o delegado, lideranças da categoria pegavam dinheiro de empresários para agir contra os interesses dos trabalhadores. A informação é do G1.

Francisco Xavier da Silva Filho, o Chiquinho, é suspeito de usar o cargo de secretário-geral do sindicato dos motoristas de ônibus da capital para comandar um esquema de arrecadação de propina.

Ele é motorista de ônibus na capital e tem uma casa em Atibaia ainda em construção. O projeto é ostensivo: tem jardim com projeto paisagístico, espaço gourmet e piscina cinematográfica, com borda infinita.

A casa tem valor avaliado em R$ 2 milhões. Mas, segundo a polícia, não foi trabalhando que o motorista conseguiu juntar tanto dinheiro.

O presidente dos Sindmotoristas, Valmir Santana da Paz, o Sorriso, e outros 14 diretores também são citados na investigação, de acordo com o delegado de polícia Fernando José Góes Santiago.

clica