Direito Global
blog

Fura-fila no Acre

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, se reuniu com o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, para tratar sobre o cronograma de vacinação, furas-filas e melhorias na transparência do processo de imunização de grupos prioritários para a Covid-19, em Rio Branco.

A chefe do MP acreano destacou durante a reunião, as inúmeras denúncias que o órgão vem recebendo em relação a fura-filas e disse que o diálogo com as prefeituras são importantes para buscar soluções e tornar o processo de imunização, o mais transparente possível, sobretudo, nesse momento em que o Estado se prepara para iniciar a segunda fase da vacinação.

A Prefeitura de Rio Branco informou que possui 123 vacinadores capacitados e 58 pontos de vacina em Rio Branco, com capacidade para vacinar até 15 mil pessoas por dia. O município de Rio Branco recebeu 9.519 doses de vacina, das quais já foram aplicadas 7.500 doses. A partir da reunião, o prefeito se comprometeu a submeter diariamente ao MPAC, a lista de pessoas vacinadas em Rio Branco.

Outra pauta importante que o MPAC discutiu com a prefeitura, foi a questão das cheias do rio na capital e o surto de dengue. Para tanto, a procuradora-geral de Justiça disse ao Prefeito que o MPAC possui um grupo de trabalho para atuar especificamente nas questões de desastres naturais, como enchentes e alagações, e colocou o grupo (GPRD) à disposição do Poder Público para auxiliar a população, quando necessário.

clica