Direito Global
blog

“E não sobrou ninguém”

Do ex-presidente da OAB de Alagoas e procurador do estado de Alagoas, Omar Coêlho sobre a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por determinação do STF após ter divulgado vídeo com apologia ao AI-5 e defesa da destituição de ministros do STF: “Quando permitimos , seja quem for, que violente a Constituição, é sinal que estamos pondo em risco toda a Nação”.

Omar Coêlho lembrou de um discurso feito porMartin Niemöller, em 1933. Niemöller – Emil Gustav Friedrich Martin (Lippstadt) foi um pastor luterano alemão. Em 1966, foi-lhe atribuído o Prêmio Lênin da Paz. Desde a década de 1980 tornou-se conhecido pelo seu discurso/poema anti-nazista, largamente adaptado e parafraseado, conhecido no Brasil como “E não sobrou ninguém…”.

“Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram
meu outro vizinho que era comunista.
Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram
e levaram meu vizinho católico.
Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram;
já não havia mais ninguém para reclamar…”

clica