Direito Global
blog

Maior Cristo do Brasil e o 3º do mundo

A construção do Cristo no Morro da Antenas, era um sonho que está se tornando realidade para os moradores da cidade de Encantado, no Rio Grande do Sul. A obra, após ser finalizada, será oficialmente a maior estátua de Cristo do Brasil – superando a do Rio de Janeiro – e a terceira maior do mundo. O monumento do Cristo terá um total de 43 metros de altura, sendo que a estátua terá 37 metros de comprimento. Em tamanho total, é o terceiro maior do mundo.

Segundo a Associação Amigos de Cristo, o Cristo Protetor de Encantado é a união de ideias e esforços de famílias, líderes locais, religiosos e empresários, que visam transmitir a fé do povo encantadense e alavancar o turismo da região. O projeto vai ampliar a visibilidade e auxiliar na construção de uma identidade turística para a região.

A obra foi iniciada em julho de 2019. O local escolhido para a construção, doada pelos proprietários, representa o início da história de Encantado. O Morro da Lagoa da Garibaldi forneceu a iluminação nos anos de 1930 para que a cidade e sua população pudessem prosperar e evoluir até os dias atuais. A obra não conta com a aplicação de recursos públicos municipais, mas sim com a colaboração espontânea da comunidade.

A primeira missa no local foi realizada em novembro de 2019, data que marcou o “Dia do Cristo Rei”, um título dado a Jesus, registrado em várias passagens bíblicas e, em geral, usado por todos os cristãos. Dezenas de pessoas participaram da celebração, que contou com a bênção do Bispo Dom Paulo De Conto.

A Associação Amigos de Cristo ainda programa a realização de uma “Ação entre Amigos”, que irá sortear um carro. O objetivo é arrecadar valores para a aquisição de materiais para a construção do monumento de 43 metros de altura. A venda dos números iniciou no dia 31 de março, data que comemora o aniversário de 106 anos da cidade de Encantado e segue até o final do ano. O sorteio acontece no dia 18 de dezembro, através da loteria federal.

Cristo Redentor no Rio

O Cristo Redentor é uma estátua art déco que retrata Jesus Cristo, localizada no topo do morro do Corcovado, no bairro do Alto da Boa Vista[1], a 709 metros acima do nível do mar, no Parque Nacional da Tijuca, com vista para a maior parte da cidade do Rio de Janeiro. Foi inaugurado em 12 de outubro de 1931, dia de Mossa Senhora da Aparecida. Em 2007, foi eleito informalmente como uma das sete maravilhas do mundo moderno. Em 2012 a UNESCO considerou o Cristo Redentor como parte da paisagem do Rio de Janeiro incluída na lista de Patrimônios da Humanidade.

O monumento foi concebido pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa e construído em colaboração com o escultor franco-polonês Paul Landowski e com o engenheiro francês Albert Caquot, entre 1922 e 1931 na França, em razão de os franceses acharem que os brasileiros não tinham experiência para construir a estátua.

Símbolo do cristianismo brasileiro, a estátua se tornou um ícone do Rio de Janeiro e do Brasil. Em 2011, em uma pesquisa de opinião pela internet, o Cristo Redentor foi considerado por 23,5% de 1 734 executivos de todos os países da América Latina como o maior símbolo da região. O monumento também é um importante ponte de visitação, que recebe, em média, 2 milhões de turistas por ano.[9]

O Cristo Redentor é feito de concreto armado e pedra-sabão. Tem trinta metros de altura, sem contar os oito metros do pedestal, e seus braços se estendem por 28 metros na horizontal. A estátua pesa 1145 toneladas e é a quarta maior escultura de Cristo no mundo, menor apenas que a Estátua de Cristo Rei de Świebodzi na Polônia, a de Cristo de la Concordia na Bolívia e a de O Cristo em Elói Mendes – MG (Respectivamente, primeira, segunda e terceira maiores esculturas de Cristo no mundo).

clica