Direito Global
blog

Projeto Coração de Tinta

O Projeto Coração de Tinta, criado pela Juíza do Poder Judiciário da Bahia (PJBA) Janine Soares de Matos Ferraz, participou da capacitação do Sistema Processo Judicial Eletrônico (PJE) para os integrantes da Polícia Civil da Comarca de Poções, localizada a 450 quilômetros de Salvador. Na oportunidade, um círculo de construção de paz foi realizado e todos compartilharam suas histórias com a tecnologia.

O projeto Coração de Tinta atende a todos os públicos e conta com o diferencial de atuar integrando a Segurança Pública, em especial os Policiais Militares que desejarem se conectar a um espaço seguro de escuta e fala nestes dias complexos.

“Esta oportunidade de se aproximar dos policiais civis, abrindo as portas do Poder Judiciário, e de cooperar para a troca de lentes (capacitações recíprocas) é um marco do estabelecimento de uma nova tradição, que preserva os valores da cooperação, da eficiência e da união, caros a ambas as instituições”, destacou a Juíza Janine Soares de Matos Ferraz, da Vara Crime da Comarca e Coordenadora do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc) de Poções.

A capacitação sobre o PJe, ministrada por Viviane Lemos, Técnica do ServiceDesk do PJBA, foi resposta a um pedido da Delegada Titular de Poções, Alessandra Márcia Cardoso Pereira.

“Nos reunimos com o Judiciário, nessa nova era tecnológica em que os procedimentos policiais eletrônicos (PPE) integrarão ao sistema PJe. Foi um momento ímpar na Polícia Civil da Bahia. Me sinto felicíssima, honrada e agradecida, onde além da capacitação aprendemos um novo olhar sob o círculo de construção de paz do projeto coração de tinta”, frisou a Delegada Alessandra Márcia Cardoso Pereira.

clica