Direito Global
blog

A despedida de Clea Caputo

A pioneira em Brasília, Clea Caputo Bastos faleceu em Brasília em decorrência de uma parada cardíaca. Lutando contra a leucemia há seis anos, a economista teve o quadro agravado nos últimos meses. Mineira, da cidade de Juiz de Fora, Clea veio para Brasília em 1973. A pioneira foi casada com o advogado Maurício de Campos Bastos, narrador da Copa de 1950, falecido em 2017. Ela e o marido ficaram juntos por 64 anos, até ele falecer em 2017.

Juntos, criaram nove filhos, entre eles, o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), Francisco Caputo, e o ex-ministro do TSE, Carlos Eduardo Caputo Bastos. Além dos filhos, Clea deixa 24 netos e nove bisnetos.

Francisco Caputo destacou a garra e a determinação da mãe. “Ela era uma mulher de uma força extraordinária e sempre foi muito disciplinada. Tinha uma alegria de viver fora do comum. Uma mulher que tinha uma atitude muito positiva em relação à vida. Ela era um exemplo. O grande projeto dela foi a família que ela construiu”, disse o advogado sobre a mãe.

Caputo também comentou que a mãe era o centro da família. “A minha mãe era aquela mulher sabia que a Bíblia descreve. Uma mulher que cuidou da família e encaminhou todos os filhos, deu muita tranquilidade para o meu pai trabalhar, porque ele sabia que a retaguarda estava bem gerida”, contou o filho.

O site oficial do Tribunal Superior do Trabalho divulgou uma nota de pesar:

“O Tribunal Superior do Trabalho, em nome da Justiça Trabalhista brasileira, manifesta pesar pelo falecimento da senhora Clea Caputo Bastos, digníssima mãe do Corregedor-geral da Justiça do Trabalho, o ministro Guilherme Caputo Bastos. Clea será lembrada pelo caráter prestativo, amoroso e sempre presente junto aos filhos, netos e bisnetos. Deixa ainda, um legado de paz e amor ao próximo, valores marcantes em sua família”.

clica