Tal pai, tal filha

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), desembargador Erivan Lopes, demitiu nesta quarta-feira a analista judiciária Susane Santos Peres Parente da Silva do quadro de Servidores do Poder Judiciário do Piauí. Susane também está envolvida em um processo no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por nepotismo. A servidora é filha do desembargador do TJ-PI Antônio Peres Parente, afastado em agosto de 2010 pelo plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo é apurar possíveis irregularidades na atuação como magistrado.

Veja mais

Concurso nos cartórios

O conselheiro Luiz Cláudio Allemand, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), negou provimento ao procedimento de Controle Administrativo impetrado por Bruno César de Oliveira Machado, em que o requerente questionava a lista de serventias disponibilizada para o Concurso Público Edital nº 1/2015, do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA).

Veja mais

Redução da folha

Os deputados estaduais aprovaram em sessão extraordinária o Projeto de Lei 201/2016 que institui o Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI) para servidores e magistrados do Poder Judiciário Estadual. O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJES), desembargador Annibal de Rezende Lima, em companhia de uma comissão de desembargadores, protocolou o projeto nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa (ALES).

Veja mais

Briga de advogados

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, estava em João Pessoa nesta quarta-feirar para o lançamento do Comitê contra o Caixa 2 nas eleições municipais, mas desistiu de participar da solenidade ao ser acusado de “golpista” por um grupo de advogados. Diante das manifestações, Lamachia cancelou os demais compromissos, inclusive uma coletiva de imprensa, e retornou a Brasília.

Veja mais