Crime de Palhoça

A 1ª Vara Criminal de Palhoça, em Santa Catarina, condenou oito dos nove acusados da morte do advogado Roberto Luís Caldart no dia 24 de maio de 2016. Em sentença proferida, a juíza Carolina Ranzolin Nerbas Fretta, reconheceu os crimes de lesão corporal seguida de morte, ameaça e exercício arbitrário das próprias razões, além de terem que arcar com os custos processuais. Os PMs também tiveram decretada a perda de função.

Veja mais

Posto em Guarapari

Uma cliente foi condenada a indenizar em R$ 10 mil, a título de danos morais, um posto de combustível do município de Guarapari, no Espírito Santo, por conta do uso de expressões caluniosas no perfil da ré em uma rede social. Segundo o processo, a moradora difamou em seu perfil a qualidade do combustível comercializado pelo posto. Narra os autos que a postagem, motivo do processo movido pelo requerente, aconteceu em virtude de um não comprovado abastecimento do veículo da ré feito no local, com gasolina misturada com água.

Veja mais

Pacote de salgadinho

A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a empresa Bistex Alimentos Ltda a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 3 mil. A autora da ação encontrou um pedaço de metal enferrujado dentro do pacote de salgadinho. O caso aconteceu na Comarca de Guarani das Missões.

Veja mais

Scarpa x Flu

O caso Gustavo Scarpa ainda está longe de ser decidido. Hoje (08), após o recesso judicial, os advogados do Fluminense e do atleta se movimentaram na justiça para definir a situação do meia. Cerca de 55 processos – a maioria, troca de documentos – foram movidos no Tribunal Regional do Trabalho por ambas as partes.

Veja mais