Operação Injusta Causa

Instalada no edifício de número 121 localizado na Rua Bela Vista do Cabral, em Nazaré, centro de Salvador, sede do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-BA), é o refúgio onde empregados e patrões buscam amparo na Justiça Trabalhista. No último dia 11 de setembro, porém, virou alvo da Polícia Federal (PF) por suspeita de abrigar esquema criminoso de venda de decisões judiciais, operado por desembargadores e advogados baianos.

Veja mais

Toffoli fora do julgamento

O presidente do STF e do CNJ, Dias Toffoli se declarou impedido de participar do julgamento que afastou cinco desembargadores e um juiz do TRT da 5a Região, na Bahia por suspeita de venda de sentenças e recebimento de parte de honorários pagos a advogados que ganhavam causas no TRT. Os magistrados foram alvo da Operação Injusta Causa, deflagrada há 15 dias pela Polícia Federal (PF), baseada em denúncia feita inicialmente ao CNJ.

Veja mais