Uma admiradora de Barroso

A juíza federal Gabriela Hardt , de 41 anos, que substituirá o colega Sergio Moro na 13 Vara Federal de Curitiba durante o período de férias, é uma admiradora do trabalho do ministro Luis Roberto Barroso no Supremo Tribunal Federal. Recentemente, ele leu, gostou e comentou em sua página no Facebook uma entrevista do ministro aos jornalistas Ana Dubeux , Denise Rothenburg, Helena Mader e Leonardo Cavalcanti do Correio Braziliense sob o título “Abalar instituições é como perder a alma”, diz ministro do STF.

Veja mais

Juíza federal e triatleta

A juíza federal Gabriela Hardt , de 41 anos, que substituirá o colega Sergio Moro na 13 Vara Federal de Curitiba durante o período de férias, é diretora de esportes da Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajufe) na gestão do atual presidente Roberto Veloso. Gabriela pratica natação , competindo com frequência em provas de maratona aquática, corredora e jogadora de vôlei.

Veja mais

Identidade infantil

Ainda que pequeninas, as impressões digitais de uma criança conferem uma identificação única e segura desde cedo. Por isso, fazer a carteira de identidade o mais cedo possível é garantir, já na infância, os direitos de cidadão. Para incentivar os registros, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), lançou campanha “Seu filho cidadão”, para confecção de carteira de identidade para crianças e adolescentes.

Veja mais

Gastos públicos

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, decidiu adotar o rito abreviado para o julgamento da ação direta de inconstitucionalidade ajuizada contra a Emenda Constitucional 95, que limita os gastos públicos por 20 anos. A ministra decidiu dar 10 dias para os interessados se manifestarem para depois enviar o caso direto ao Plenário.