Direito Global
blog

Soldado furta salário no Quartel

Por unanimidade de votos, o Plenário do Superior Tribunal Militar (STM) decidiu manter a condenação de um soldado do Exército, preso em flagrante, por ter arrombado o armário de um colega de farda e levado trezentos e cinquenta reais de sua carteira. O defesa do réu apelou junto ao STM arguindo o princípio da insignificância para tentar absolvê-lo.

O crime ocorreu em Olinda (PE), dentro de um quartel do Exército. A vítima, também soldado, ao se dirigir ao trabalho ainda de madrugada, foi assaltado no centro do Recife. Os marginais roubaram um cordão de ouro que levava ao pescoço, porém ficou ilesa a quantia de R$ 500, que estava guardada nas roupas íntimas do militar.

clica