Direito Global
blog

Metade homem, metade mulher

O novo Conselho Pleno da OAB de Sergipe (OAB/SE), empossado nesta quinta-feira, é constituído, em fato inédito em todo o país, por um número igual de homens e mulheres. Pela primeira vez no Brasil, um Conselho Seccional da OAB é paritário, comprovando a vontade de mudança anunciada pelo novo presidente da seccional sergipana da Ordem, Henri Clay Andrade (foto), em sua campanha eleitoral.

Para a conselheira seccional da OAB/SE, Tatiane Goudart, a proposta da nova gestão da Ordem é um avanço na democracia. “No Conselho Pleno da gestão anterior, eu era minoria. Um Conselho paritário representa um novo olhar sob as decisões da entidade. Os motes da OAB, da sociedade e da advocacia serão visto com mais sensibilidade, sem perder a racionalidade”.

Ovacionado pela advocacia e pela sociedade de Sergipe, Henri Clay relembrou em seu discurso o papel da OAB como parte indissociável da trajetória democrática brasileira e asseverou que a nova gestão da entidade lutará diariamente, em união, pela justiça social, pela democracia, pelos direitos humanos e pela liberdade, em defesa inegociável da Constituição Federal.

clica