Direito Global
blog

Posse e prestígio

A posse do novo presidente da Asssociação dos Juízes Federais (Ajufe), Roberto Veloso demonstrou a força e o prestígio que o magistrado tem junto à categoria. Além dos presidentes do STF e do STJ, estiveram presentes à cerimônia onze ex-presidentes da Ajufe. Veloso foi eleito por 97,5% dos votos dos juízes federais de todo o país.

Na presença de todos, Veloso deu o recado sobre o que pensa sobre a corrupção no país: “Não há nada mais injusto contra o fraco oprimido do que a corrupção. Ela é nociva, carcomida, indigesta, cheira mal”.

Bastante aplaudido, Veloso continuou: “A corrupção tira as crianças das escolas, nega-lhes a merenda escolar, enche os corredores dos hospitais, avilta os vencimentos dos servidores, a iniciativa privada se deteriora e o serviço público como um todo é pessimamente prestado”.

E foi mais além: “A atividade criminosa vai se entranhando pelas estruturas e atinge o âmago das instituições, destruindo tudo, igual a cupim em madeira apodrecida. “A sociedade brasileira não merece mais conviver com os recursos arrecadados dos seus tributos sendo desviados para fins escusos”.

clica