Direito Global
blog

Kelly x Stefane

O Tribunal do Júri de Brasília condenou Kelly Maraes de Sá a 14 anos de reclusão, em regime inicial fechado, pelo homicídio qualificado, por motivo fútil, de Stefane Ruana Santos Maciel.

O crime aconteceu no dia 28 de dezembro de 2012, no início da madrugada, entre o estacionamento lateral do Conjunto Nacional de Brasília e o Setor Comercial Norte – SCN. Kelly matou Stefane a golpes de faca por achar que ela estava paquerando seu companheiro.

Levada a júri, a ré foi considerada culpada pelos jurados, que votaram afirmativamente aos quesitos referentes à autoria e à materialidade do crime, e negativamente quanto à absolvição.

Kelly respondeu ao processo presa e não terá direito a recorrer da sentença em liberdade.

clica