Direito Global
blog

Zizi Possi no Tribunal

“O Homem e o Mundo Moderno Sob outra Ótica” será o tema de um bate-papo com a cantora Zizi Possi, que acontecerá amanhã (15), às 10h, no Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). O evento é voltado para os servidores do Tribunal. A artista abordará os temas “Como viver hoje em dia com tantos desafios à sobrevivência e aos nossos princípios”, “Para construir um mundo mais justo, teremos de ajustar nossos atos e escolhas a esse conceito” e “Temos consciência do impacto de nossas ações nos outros e no mundo?”.

Nascida em São Paulo em 28 de março ded 1956, foi batizada Maria Izildinha Possi em homenagem à Santa Menina Izildinha descende de italianos de Nápoles. É paulistana do bairro do Brás, típico reduto de imigrantes italianos. De formação musical erudita, dos 5 aos 17 anos de idade, estudou piano e canto; em 1973 mudou-se para a Salvador (Bahia) com o irmão, José Possi Neto, prestou vestibular para faculdade de composição e regência (UFBA). Após dois anos de curso, abandonou a faculdade e iniciou-se num curso de teatro, na mesma época em que participou da montagem do musical Marilyn Miranda.Em um projeto para a prefeitura soteropolitana, trabalhou como professora de música para crianças — filhos de prostitutas no Pelourinho —, gravou jingles comerciais e participou de especiais da televisão local.

O irmão deixou o Brasil quando ganhou uma bolsa de trabalho para Nova York, e Zizi agora sozinha na Bahia, rumava para o Rio de Janeiro: “Quando vi o avião sumindo no ar, entendi que minha vida estava por minha conta. Me deu uma solidão… E percebi que a Bahia já não fazia mais esse sentido todo para mim. Meu irmão já não estava mais lá e, profissionalmente, eu já tinha feito tudo que podia” .

clica