Direito Global
blog

Aluno autista

O juiz Ricardo Teixeira Lemos, da 7ª Vara Cível da comarca de Goiânia, concedeu liminar ao aluno Matheus Ferreira Nascimento, que é portador de transtorno de espectro autista, para que a Associação Salgado de Oliveira de Educação e Cultura (Universo) – Câmpus Goiânia forneça professores especializados nos graus de sua limitação, bem como disciplinas e provas adaptadas as suas peculiaridades. Essas medidas terão de ser adotadas pela instituição de ensino superior em até cinco dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Matheus Ferreira é bolsista da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e cursa o 8º período de graduação em Direito na Universo. Eele alegou que não foi apoiado pela coordenação e o corpo docente da universidade, e que os professores sequer foram comunicados do seu transtorno.

Matheus disse que a partir do 7º período suas notas ficaram baixas e corria o risco de perder a bolsa da OVG, uma vez que a entidade estabelece que o bolsista não seja reprovado em mais de uma disciplina. Ele ressaltou que os professores sugeriram que mudasse de curso, pois não teria êxito em Direito.

clica