Direito Global
blog

Caixa de Pandora

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Reynaldo Soares da Fonseca suspendeu o interrogatório do ex-governador José Roberto Arruda nas ações penais relativas à Operação Caixa de Pandora. O benefício foi estendido a todos os outros acusados dos processos do caso. Arruda é réu em 10 ações penais, mas seria interrogado uma única vez, em 21 de novembro. Na prática, a decisão paralisa o andamento dos processos, até a conclusão do julgamento do recurso apresentado ao STJ por Arruda. A defesa quer a realização de perícia em equipamentos que gravaram áudios e vídeos usados como prova contra o ex-governador.

clica