Direito Global
blog

A delação de Odebrecht

Após longa negociação, o acordo de delação premiada ente Marcelo Odebrecht e os procuradores da Operação Lava Jato está finalmente fechado. Além dele, acordos de mais de 50 executivos e funcionários da empreiteira foram fechados. Outros acordos ainda estão pendentes.

Apesar da longa negociação, os acordos estão abaixo da expectativa dos procuradores, mas são considerados ‘abrangentes’, segundo o jornal O Globo. As acusações atingem líderes de todos os grandes partidos que fazem parte do governo e da oposição. Eles participariam do caixa dois da Odebrecht.

No total, dez investigadores estariam destacados para questionar os novos delatores. O número é considerado baixo em comparação à quantidade de oitivas. A média de depoimentos é de cerca de dez para cada delator, o que tornará o trabalho longo. Eles serão ouvidos em Curitiba, onde Marcelo Odebrecht está preso, em Brasília, São Paulo e Salvador.

Os acordos foram fechados há mais de duas semanas e a precisão é que os depoimentos sejam concluídos apenas no início de 2017. Após finalizados, deverão ser homologados. Só então darão base a novos pedidos de inquérito.

clica