Direito Global
blog

A mulher de Cabral

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro recorreu ao TRF-2 para pedir a prisão temporária de Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral. Os procuradores da Operação Calicute já haviam pedido a prisão da advogada, mas o juiz Marcelo Bretas optou pela condução coercitiva. O escritório Ancelmo Advogados recebeu R$ 35 milhões de várias empresas com contratos com o poder público ou concessionárias.

clica