Direito Global
blog

Advogado preso em Madri

O advogado Rodrigo Tacla Duran, envolvido na operação Lava Jato, foi preso em Madri, na Espanha, por policiais daquele país. Duran é suspeito de ser um dos operadores das offshores criadas pelo ‘departamento de propina da Odebrecht’, que teria recebido R$ 36 milhões de empreiteiras investigadas na Lava Jato, entre elas, a UTC e Mendes Júnior.

No último dia 10 de novembro, o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na 1ª instância, decretou o bloqueio de até R$ 20 milhões de Rodrigo Tacla Duran, um dos alvos da 36ª fase da operação. Existe um mandado de prisão preventiva contra o advogado que não foi cumprido, segundo a Polícia Federal (PF), porque ele está no exterior.

Duran é inscrito regularmente na subseção de Pinheiros da OAB de São Paulo sob o número 166339.

clica